Arquivo da tag: Histórias

Espinhos de rosas

Tento decifrar a sua indecisão
O tempo passa e já não sei pra onde ir
Todos os dias sento perto da janela
Observo a hora passar
O céu azul já não é mais suficiente
Não importa o que eu faça
Nem as lágrimas que derramar
Olho para trás e nada vejo
Percebo que o destino me pregou peças
Que o teu desprezo me machuca
E a falta que sinto me destrói
Como um último adeus
Palavras me torturam
Feito espinhos de rosas
Espero a tua procura
Acredito nas suas histórias
Receio sobre a sua demora
E tudo que aprendi com a sua ausência
Foi o medo de morrer de saudade
Por não saber viver sem você.

“Young girl, don’t hide
You’ll never change if you just run away
Young girl, just hold tight
Soon you’re gonna see your brighter day.”


Vai

Teus pedaços ainda estão sobre mim
E quando o vento bate, sinto a tua respiração
Tão forte, sem fim
Fico tentada a sorrir, vendo você partir.

Observo a chuva pela janela
Fico a lembrar das chances que tivemos
O tempo fica cada vez mais nublado
Perco o chão, me nego.

Leio as tuas histórias
Longe, eu quero estar de ti
Afasto o medo de mim

Você, que quis esquecer
Escolheu o caminho certo
Deixou-se ir.

“Tudo que vai
Deixa o gosto, deixa as fotos
Quanto tempo faz
Deixa os dedos, deixa a memória
Eu nem me lembro mais”.


As suas histórias

Toda aquela intelectualidade
Parece tão distante
Nesse seu mundo de livros e histórias
Ficções e fantasias
Mergulha como se quisesse fugir de algo
Como se todas aquelas páginas
Pudessem representar os teus desejos
Instintos e vontades mais lascívas
Você se escode pelos corredores
Esquiva-se das chances
Entorta o olhar
E todas às vezes que eu fui ao teu encontro
Eu te olhei, não sei sei me viu
É uma atração que não consigo decrifrar
Você parece bem longe quando estamos bem perto
E ao mesmo tempo parece que te conheço há anos
Perceba a linha do meu olhar
O meu interesse em tuas discussões
Você pode ficar ali e dizer mil histórias
Todas para mim serão como se fossem as primeiras
Meus ouvidos não se cansam de sua voz
Eu me reprimo,
Por saber que tudo isso é um pecado,
Não sei ao certo se é isso que devo fazer
Mas o meu instinto de mulher diz
Não se importe
A atração passa
Mas as histórias sempre ficam.


%d blogueiros gostam disto: