Mistério do Silêncio

As suas mãos escorrem feito cachoeira em penhasco
Que derrama suas histórias, úmidas
Sobre as folhas verdes e escuras
Cheias de mordidas de lagartas
Afiadas por descarregar a fúria da relva noturna

As flores sofrem caladas
Assim como tua face serena
Que engana até o mistério do silêncio
Em meio a tortura e esquecimento
Pétalas se misturam ao amor, sem medo.


“Pode falar, não importa
O que eu tenho de torta,
Eu tenho de feliz,
Eu vou cambaleando
De perna bamba e solta.”

Anúncios

Sobre Jacqueroll

Brasileira com muito orgulho, apaixonada pela cultura japonesa (j-pop/Johnny's/dorama/manga/anime/nintendo/日本語), arashian (嵐) e gamer (RPGs). Ver todos os artigos de Jacqueroll

Uma resposta para “Mistério do Silêncio

Obrigada por visitar meu blog de poesias. Se tiver algum comentário ou crítica, fique à vontade para comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: