365 dias de beijos

Homenagem aos 365 dias do nosso primeiro beijo

Naquela sala escura
Procurei suas mãos tímidas,
Ainda que estivessem próximas
Eram vítimas do meu olhar sorrateiro
Que ficou à mercê de seus movimentos

Inerte em sons que não vinham de sua boca
Imagens que refletiam outras vidas,
Outra história,
Que foi palco de nosso beijo primogênito.

Beijo que envolve meia luz
Pele contra pele
Mãos perdidas pelos fios de cabelo
O nervosismo embutido em sorrisos

365 dias de beijos
Na face, na testa, nos olhos, na boca
O cheiro do seu beijo
Insiste em me surpreender no presente

365 dias de beijos
Impossível esquecer o deleite
O abraço sereno de pós-filme
Parar na calçada sem destino

Não contei por acaso
Não foi mero ensejo
O vento trouxe suas mãos
Para encontrar os meus beijos.


“Eu quero guardar teu beijo
Na concha das mãos
Teu cheiro eu levo feito mancha na roupa
Que eu não lavo não.”

Anúncios

Sobre Jacqueroll

Brasileira com muito orgulho, apaixonada pela cultura japonesa (j-pop/Johnny's/dorama/manga/anime/nintendo/日本語), arashian (嵐) e gamer (RPGs). Ver todos os artigos de Jacqueroll

Uma resposta para “365 dias de beijos

Obrigada por visitar meu blog de poesias. Se tiver algum comentário ou crítica, fique à vontade para comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: