Chance

Aquela pessoa que te preenche de uma forma completa, e você cisma em fugir e não se entregar. Arriscar e começar do zero, é preciso ter coragem para tanto. E todas as incertezas que virão? E aquelas cartas guardadas? Poemas jogados na gaveta da escrivania. O medo de tentar. E tudo isso pode acabar de um momento para o outro. Voando alto, eu posso não enxergar você partir. O tempo vira desculpa, quando na verdade ele nunca existiu ou jamais poderá se repetir. Você perde a oportunidade de ser feliz, por continuar a se enganar – ilusão. Essa é a chance, talvez a última. Não veio com flores, sorrisos e falsas esperanças. Trouxe verdadeiros sentimentos que são visíveis, mesmo que por dentro. Eu espero a tua espera. Não vou lhe oferecer tempo, por não ser confiável e muito traiçoeiro.

“A Terra girou para nos aproximar. Girou ao redor de si mesma e dentro de nós até que finalmente nos uniu neste sonho”. Li isso na legenda do filme que vi hoje, “21 Gramas”, de Alejandro González Iñárritu. Frase dita pela personagem de Sean Penn, Paul, durante o almoço que teve com Cristina, personagem de Naomi Watts. Naquele momento, ambos perceberam que existia uma atração mútua entre os dois e que aquele encontro iria marcar o começo de uma breve história. Ela me trouxe um impacto cortante. É verdade quando ele diz que certas situações da vida nos levam a certas pessoas. Boas ou ruins, elas no trazem algo delas que acabam nos preenchendo de alguma forma, negativa ou positiva.

Anúncios

Sobre Jacqueroll

Brasileira com muito orgulho, apaixonada pela cultura japonesa (j-pop/Johnny's/dorama/manga/anime/nintendo/日本語), arashian (嵐) e gamer (RPGs). Ver todos os artigos de Jacqueroll

Uma resposta para “Chance

  • Thiago

    Depois de tanto viver na solidão
    um pequeno faixo de luz nos chama atenção
    Muitas perguntas vagam em nossas mentes
    E sentimentos inesperados parecem procriar
    Talvez esta seja a unica chance para
    deixar para traz esta solidão, que construimos
    Será que vale a pena arriscar?
    Mesmo correndo o risco de nos machucar?
    Não se pode perder muitas chance para quem
    vive anos na solidão, é difícil encontrar
    um pequeno faixo de luz, que esperanças podem nos dar!
    Tenho de escolher entre a fria razão
    do medo de novamente me machucar ou devo
    seguir as emoções de um coração que só
    deseja poder amar!?
    Rápido, pois este pequeno faixo de luz
    já esta para se apagar e não saberemos quanto
    ele ira novamente brilhar…
    Há minha resposta, já foi tomada
    E coloco em jogo tudo aquilo que por anos protegi
    só para estar junto com você
    [Thiago]

Obrigada por visitar meu blog de poesias. Se tiver algum comentário ou crítica, fique à vontade para comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: