Você

Meu sangue ferve. As veias saltam. O corpo estremece. Parece que o mundo ali começa e no segundo depois, morre. Você chega, encosta e ali fica, adormece. Teus cabelos se confundem com os meus. O toque de suas mãos escorregam pelo meu rosto. Fecho meus olhos. Penso em mil e uma coisas, não ao mesmo tempo. É como um filme, uma sequência em quadrinhos. Eu sinto o teu abraço, em números, seria o infinito. Você não precisa dizer nada, seu silêncio diz tudo. Observo sua face, quente e macia. Quando se vira, vejo sua sombra. Fico insegura. Eu te chamo, não mais pelo nome. Você não me reconhece, eu ainda te conheço. Na despedida, eu te encontro. Na saída, você não foge. Naquele dia, você voltou e disse que ficaria. Você está aqui agora. E isso, bem, é isso que importa.

Anúncios

Sobre Jacqueroll

Brasileira com muito orgulho, apaixonada pela cultura japonesa (j-pop/Johnny's/dorama/manga/anime/nintendo/日本語), arashian (嵐) e gamer (RPGs). Ver todos os artigos de Jacqueroll

Obrigada por visitar meu blog de poesias. Se tiver algum comentário ou crítica, fique à vontade para comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: